in

Raridade, nevou no deserto do Saara

A cidade de Ain Sefra, na Argélia, acordou com algo que não é nada comum. Neve.

O deserto do Saara é considerado o deserto mais quente do mundo e é mesmo muito raro nevar por lá. A onda polar que veio dos Estados Unidos e da Espanha são os responsáveis pela neve.

O raro fenómeno está a surpreender a todos. Turistas, habitantes e fotógrafos usaram as suas câmeras fotográficas para registar este momento único. O manto branco sobre a areia avermelhada deixa uma visão única e espetacular deste que é um dos lugares mais quentes e inóspitos do planeta.

É a terceira vez em 40 anos que neva neste deserto. Ain Sefra havia visto a neve em 1979 e em 2016. O fato de voltar a acontecer num período tão curto está a preocupar os cientistas que se preocupam com as alterações climatéricas que estão acontecer no nosso planeta.

Vejam algumas das fotos que foram tiradas (dois vídeos no fim).

Deixe um comentário